Como aprender a lidar com a frustração

A frustração pode ser definida como uma emoção ou sentimento que surge quando alguma coisa não corre como esperávamos. Faz parte da vida e ajuda-nos a moldar a nossa personalidade. Nalguns casos levamos a experienciar sentimentos como raiva, tristeza ou simplesmente desmotivação para terminar alguma coisa. Uma criança começa por vivenciar um sentimento de frustração quando lhe tiram alguma coisa das mãos e mais tarde quando estuda para um teste mas não tem a nota que esperava.

Aprender a lidar com esta emoção é fundamental para um desenvolvimento saudável pois o ser humano vai esbarrar com ela ao longo de toda a sua vida. Em casos extremos a frustração, quando não controlada, pode levar a comportamentos agressivos consigo ou com os outros e nestes casos o aconselhável é procura ajuda profissional.

Mas afinal, como podemos dar a volta a esta emoção?

1. Aprender a definir objetivos

Quando temos algo que nos direciona para onde queremos ir aprendemos a sentirmo-nos realizados e com a sensação de dever cumprido.

2. Definir expetativas realistas

Quando temos expetativas demasiado altas relativamente a algo que queremos que aconteça ou a alguém podemos acabar frustrados facilmente. Abrir um negócio e esperar resultados positivos logo no primeiro mês, estudar pouco para um exame e que querer ter uma excelente nota ou esperar que outra pessoa nos faça uma surpresa numa data especial são exemplos de como podemos acabar frustrados.

3. Definir demasiados objetivos em simultâneo

É humanamente impossível nos focarmos em diversas áreas em simultâneo e esperar resultados positivos em todas elas.

4. Analisar a causa da nossa frustração e aceitá-la.

Se entendermos o porquê de nos termos sentido frustrados poderemos desvalorizar a situação, relativiza-la e desviar o nosso foco para outra coisa que nos traga uma maior sensação de bem-estar.

5. Perceber se o objetivo que pretendemos alcançar essencialmente de nós.

Quando definimos objetivos para nós próprios mas esses resultados dependem também da vontade de outras pessoas podemos experienciar sentimentos de frustração que não nos levam a lado nenhum.

6. Aceitar o erro.

Ficamos frustrados porque não toleramos o direito a errar, em nós e nos outros. Aceitar que errar é humano é fundamental para podemos controlar a frustração que sentimos.

7. Dizer adeus ao perfecionismo

Ser perfecionista pode ser uma qualidade para algumas pessoas mas na verdade o perfecionismo leva-nos a um estado de insatisfação constante que nos leva a uma frustração relativamente àquilo que fazemos e aos objetivos que queremos alcançar. Nada é suficiente para um perfecionista.


Rita Vieira

artigo publicado pela Revista Zen Energy - edição de agosto de 2017.


Posts em destaque
Posts recentes
Procura por Tópicos
Nenhum tag.
Segue-me!
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now